A incrível diversidade de cobras da Reserva Ducke:
um espetáculo pouco assistido

Palestrante: Rafael de Fraga (INPA)

Segundo o autor da palestra, a Reserva Florestal Adolpho Ducke abriga grande diversidade de répteis Squamata, dentre os quais as cobras se destacam por sua incrível diversidade de espécies, que expressam cores e hábitos de vida igualmente diversos. Mas apesar da diversidade fantástica, o conhecimento científico sobre esses animais ainda é relativamente básico, e novas espécies continuam a ser encontradas, mesmo após mais de 25 anos de pesquisas.

Isso acontece, prossegue o autor, porque poucas pessoas querem estudar cobras, já que elas são consideradas como animais perigosos, e também porque estudar cobras na natureza não é uma tarefa fácil, pois são organismos de detectabilidade muito baixa e consequente custo elevado, mesmo em zonas tropicais.

Na apresentação, o biólogo pretende “abrir uma pequena janela para o mundo maravilhoso das cobras da Reserva Ducke, por meio do histórico de pesquisas desenvolvidas desde a década de 80 até o presente, e algumas perspectivas para o futuro”. Além disso, “apresentar à plateia um lado pouco conhecido sobre esses animais, me valendo de sua beleza e impressionante capacidade de adaptação, para combater os preconceitos que causam medo ou mesmo ódio à maioria das pessoas”.