Ciência e arte no Renascimento italiano

Palestrante: Ennio Candotti (Musa)

A palestra é um convite para um passeio através da arte de Giotto e Piero della Francesca, da arquitetura de Filippo Brunelleschi, com direito a uma visita a Leonardo da Vinci e Galileu Galilei.

De acordo com Candotti, o desenho em perspectiva, a representação verdadeira, em 1400 revolucionou a maneira de pintar e ver o mundo. A revolução copernicana de 1500 e as novas ciências de Galileu em 1600, devem à perspectiva, ao ponto de vista e à invenção do infinito o seu sucesso.

“Procuraremos na pintura de Giotto (1300), na arquitetura de Brunelleschi (1400) e na geometria de Piero della Francesca (1400 as origens da representação verdadeira. Foi ela que permitiu a Leonardo desenhar as máquinas e o movimento e retratar a anatomia do corpo humano oferecendo a Copérnico, Kepler e Galileu os ombros que permitiram a eles ver mais longe”, explica o palestrante.