La Vorágine de Euclides da Cunha

Palestrante: Freddy Orlando Espinoza Cárdenas

Esta conferência  tratará de comparar as obras de Euclydes da Cunha e de José Eustasio Rivera, procurando relacionar nelas não só a representação da região amazônica, como também fazer um paralelo com as missões e viagens de seus autores pela Amazônia. As obras que se elegeram para este fim foram: À margem da história (1909), de Euclydes da Cunha, e La Vorágine (1924), de José Eustasio Rivera.

Também procuramos revisar a biblioteca pessoal do poeta colombiano, que se encontra na Universidad Javeriana de Bogotá, e os livros de Euclydes da Cunha e outros autores brasileiros, que Rivera adquiriu no Brasil, na sua missão diplomática pela Amazônia. Além disso, consultamos, na Biblioteca Pública de Manaus, o material jornalístico da Gazeta da Tarde, relativo aos meses de junho a agosto de 1923, período da estadia de José Eustasio Rivera no Brasil, tudo com o objetivo de comparar e diferenciar, traçando as marcas de oposição e os pontos de referência que há em comum entre estes dois vultos da literatura latino-americana.

Desse modo, esperamos vislumbrar um relacionamento que gere processos criativos crescentes  e transcendentes, no que respeita ao vínculo entre José Eustasio Rivera e Euclydes da Cunha.

Freddy Orlando Espinoza Cárdenas possui graduação em Letras, Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Amazonas (2002), especialização em Metodologia do Ensino Superior (2003) e mestrado em Estudos Amazônicos pela Universidade Nacional da Colômbia, Sede Amazônia (2010). Professor do Curso de Letras do Centro de Estudos Superiores de Tabatinga/UEA desde 2005.