Cigarra_24773   Cigarra_24774

A larva da cigarra Fidicina chlorogena constrói uma torre (chaminé) no solo acima de um poço vertical profundo de quase um metro.

A vida destas cigarras tem início nas árvores, onde ocorre acoplamento entre machos e fêmeas. Nasce então, de um ovo colocado por uma fêmea em um galho, uma larva que depois de cair no chão enterra-se no subsolo onde vive por vários anos. Durante este período ela se alimenta da seiva das raízes das árvores. As chaminés são obras das larvas no último ano antes de saírem para se transformarem em adultos alados (muda imaginal). O ciclo recomeça.

Cigarra_24775

Observações e experiências realizadas sobre uma série de chaminés desde suas construções em novembro de 2013, até a liberação das larvas para se transformarem em adultos alados em agosto de 2014, ajudou-nos a melhor compreender a técnica de construção das chaminés e as atividades da larva no interior do edifício.

Além disso, a observação contínua de várias transformações mostrou-nos como a larva abre a sua chaminé e sai para transformar-se em adulto.

Texto Claude Béguin • 17/11/2014
Fotos Vanessa Gama / Musa