Os pica-paus estão entre as aves mais icônicas e conhecidas pela população, em parte devido a um desenho animado. No Brasil ocorrem cerca de 50 espécies, que variam desde muito pequenos e discretos de 7,5 cm até os maiores de quase 40 cm. Sua alimentação é baseada em insetos e outros invertebrados, mas consome também frutos e bica flores consumindo néctar. Seu ninho é construído em cupinzeiros e árvores mortas de onde nascem em média três filhotes, que depois de aprenderem a voar, acompanham os pais até aprenderem a viver sozinhos. Na natureza, atuam como controladores das populações de insetos e dispersores de sementes, além de disponibilizarem ninhos para outras espécies menos habilidosas. Neste vídeo, vemos um casal de pica-paus-de-barriga-vermelha (Campephilus rubricolis) perfurando uma árvore em busca de alimento e, possivelmente, para a construção do ninho. O macho apresenta a cabeça toda vermelha com uma manchinha branca próxima do ouvido, enquanto a fêmea, que aparece posteriormente no vídeo, apresenta uma faixa branca do bico até o ouvido. Na floresta, é comum ouvi-los tamborilar nas árvores, duas fortes notas “tok-tok” usadas para marcar território, espantando machos competidores e atraindo parceiros reprodutivos.  

Texto: Felipe Bittioli R. Gomes / Musa • Vídeo: César Fernandes / Musa • 09/04/2015

Outras notícias sobre aves:
Araçari-negro (Selenidera piperivora)
Saíra-beija-flor (Cyanerpes cyaneus)
Coruja-de-crista (Lophostrix cristata)
Voando alto
Mais de 55 espécies de aves são registradas em uma única manhã
Araçari-miudinho (Pteroglossus viridis)
Sanhaçu-da-amazônia (Tangara episcopus)

Ver galeria de fotos de aves:
Aves