Evento independente, organizado pelo Fórum do Audiovisual, vai divulgar o cinema local e discutir políticas públicas para o audiovisual no Amazonas. A programação é gratuita. O encerramento terá a participação do cineasta Jorge Bodansky.

Cinema

No período de 8 a 16 deste mês acontece em Manaus a I Mostra do Cinema Amazonense. Organizado pelo Fórum do Audiovisual do Amazonas a mostra contará com a exibição não-competitiva de 25 filmes amazonenses — entre eles o longa-metragem “A Floresta de Jonathan”, de Sérgio Andrade – palestras, mesas-redondas, oficinas e seminários e tem como objetivos divulgar o cinema local, incentivar a produção de filmes no Amazonas e discutir meios e estratégias para a distribuição da produção audiovisual e formação de plateia para o cinema amazonense.

Os eventos acontecem em locais diferentes da cidade. Os filmes serão exibidos no Teatro Gebes Medeiros e Ufam, as oficinas no Casarão de Ideias e também na Ufam, que realizará um seminário de Análise Fílmica e Discursividade e, as palestras e mesas-redondas, no Museu da Amazônia (Musa), no Largo de São Sebastião. O encerramento da mostra acontecerá no auditório da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e contará com a participação cineasta Jorge Bodansky que irá exibir o filme documentário “No meio do rio, entre as árvores”. Toda a programação é gratuita e aberta ao público até o limite de vagas de cada espaço. Exceção das oficinas, não será necessária inscrição.

A I Mostra do Cinema Amazonense conta com o apoio da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Governo do Estado (TV Cultura, Secretaria de Cultura, UEA e Amazonas Film Commission), Ufam (N-Linguagens e Programa de Pós Graduação em Letras-PPGL), Museu da Amazônia (Musa), Cine SET, Casarão de Ideias, Amazonas Film Productions, Olha Já Filmes, Artrupe Produções e Restaurante Ló de Maria. A programação completa pode ser acessada na página da I Mostra no Facebook: https://www.facebook.com/mostradocinemamazonense.

Abertura

A abertura da mostra tem início às 19h de terça-feira, dia 8, no Teatro Gebes Medeiros (Avenida Eduardo Ribeiro, Centro), com o debate “Políticas Públicas para a Produção Audiovisual Amazonense”, mediado pelo realizador e professor-doutor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Luiz Carlos Martins.

Exibição de filmes

De quarta a sábado (9 a 12 de dezembro), às 19h, no mesmo local (Teatro Gebes Medeiros) serão exibidos os 24 filmes. São duas horas de exibição diária, seguidas de bate-papo com os realizadores. Os filmes passaram pela curadoria de Caio Pimenta, Ivanildo Pereira e Abrahim Baze Jr. e representam um panorama do que foi produzido no estado nos últimos dois anos, período em que não houve realização do Amazonas Film Festival. Os filmes também serão exibidos de segunda a sexta, das 12h às 14h, no auditório Rio Javari da Faculdade de Tecnologia da Ufam.

Após a realização da mostra os filmes serão exibidos pela TV Cultura do Amazonas durante a programação de janeiro e fevereiro de 2016.

Seminários e oficinas

De quarta à sexta-feira (9 à 11 de dezembro), das 14h às 16h acontece o seminário de Análise Fílmica e Discursividade, também no auditório da Faculdade de tecnologia da Ufam. Estarão sendo apresentadas análises de dez filmes realizados por mestrandos do Programa de Pós Graduação em Letras (PPGL), da Ufam. Em seguida, das 16h às 18h, também de quarta a sexta-feira acontece a Oficina de Análise Fílmica, ministrada por Luiz Carlos Martins. As inscrições serão feitas na entrada do auditório.

De  quinta a sábado (10 a 12 de dezembro), das 14h às 16h, No Casarão de Ideias (rua Monsenhor Coutinho, Centro) será realizada a Oficina de Roteiro para Curta-Metragem de Ficção, que será ministrada pelo diretor e roteirista Zeudi Souza. As inscrições também serão feitas no local.

Palestras e mesas-redondas

No sábado, dia 12, das 14h às 15h45, no espaço do Museu da Amazônia (Musa), no Largo de São Sebastião (atrás da Galeria Amazônia), acontece a mesa-rendonda  “perspectivas Estéticas”, com Abrahim Baze Jr., Bruno Villela, Gustavo Soranz e Luiz Carlos Martins. Das 16h às 18h,  a mesa-redonda “Arranjos Produtivos do Cinema Amazonense Contemporâneo”,  com mediação de Gustavo Soranz e participação de coletivos que realizam trabalhos audiovisuais no Estado.

Na segunda e na terça-feira, dias 14 e 15 de dezembro, das 18h às 21h, também no espaço do Musa, no Largo de São Sebastião, serão realizadas respectivamente as palestras “Documentário na Amazônia”, ministrada por Bruno Villela e  Gustavo Soranz e “Construção de Documentário”, pelo premiado diretor amazonense Aldemar Matias.

Bodansky encerra a mostra

O encerramento da I Mostra do Cinema Amazonense acontece dia 16 de dezmebro (quarta-feira) no auditório D. Lídia Parisotto, da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), localizado na rua Álvaro Braga, 351, no Parque Dez e contará com a exibição do longa-metragem documental “No meio do rio, entre as árvores” (72 min) roteirizado e dirigido pelo cineasta Jorge Bodansky. O filmes foi realizado em 2010 em Unidades de Conservação do Amazonas, com apoio da FAS e Bradesco.

Produção

A I Mostra do Cinema Amazonense está sendo organizada pelos realizadores Bernardo Ale Abinader, Bruno Villela, Carlos Barbosa, Clemilson Farias, Diego Bauer, Gustavo Soranz, Liliane Maia, Luiz Carlos Martins, Marcos Tupinambá, Paulo Cezar Freire, Saleyna Borges, Thiago Morais e Zeudi Souza.

Informações

Liliane Maia (9 9183-9353)

lilianemaia8@gmail.com

https://www.facebook.com/mostradocinemamazonense