O LaboratA?rio experimental de serpentesA�atualmente abriga duasA�espA�cies
de serpentesA�peA�onhentas a�� jararaca-do-norteA�(Bothrops atrox) eA�cascavel-de-quatro-ventasA�(Crotalus durissus ruruima) a��A�e cincoA�nA?o peA�onhetas a��A�sucuriA�(Eunectes murinus), suaA�uboia (Corallus hortulanus),A�jiboiaA�(Boa constrictor), jiboia-arco-A�risA�(Epicrates cenchria) e cobra-cipA? (Oxybelius fulgidus).

Esses animais estA?o divididos em dois recintos externos e um laboratA?rio com terrA?rios. AA�sucuri e asA�jiboias maioresA�habitam os recintos externos, que contam com a seguranA�a necessA?ria e garantem a qualidade de vida dos animais. JA? os animais menores habitam terrA?rios desenvolvidos exclusivamente para melhor ventilaA�A?o do ar e maior seguranA�a para os tratadores, pesquisadores e visitantes.

Procuramos mostrar aos visitantes como distinguir serpentes peA�onhentas e nA?o peA�onhentas, registrar seus hA?bitos alimentaresA�e reprodutivos. Impressiona a periA?dica mudanA�a de pele, as particularidades de suaA�dentiA�A?o, os tipos de locomoA�A?o e os sensA�veis sistemas perceptivos.

OA�LaboratA?rio experimental de serpentesA�surgiu em 2015 de uma parceria entre o Museu da AmazA?nia (Musa) e a FundaA�A?o de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira DouradoA�(FMT-HVD), que possui um Centro de Ofidismo deste 1984. Os objetivos principais do laboratA?rio experimental do Musa sA?oA�a educaA�A?o, a pesquisa biotecnolA?gica e a divulgaA�A?o cientA�fica.

Saiba maisA�sobre as serpentes:
Troca de pele
DentiA�A?o
LocomoA�A?o

E sobre cada uma das espA�cies:
Cascavel-de-quatro-ventas
Cobra-cipA?
Jararaca-do-norte
Jiboia
Jiboia-arco-A�ris
SuaA�uboia
Sucuri

Galeria de fotosA�relacionadas:
Serpentes

VA�deos relacionados:
Jiboia-arco-A�ris
Jiboia

NotA�cia relacionada:
Troca de pele