O Museu da Amazônia, Musa, está interessado em contratar um/uma gerente com funções administrativas que tenha:

1. Interesse no projeto Musa*;
2. Disposição em colaborar com o Musa em uma, ou mais de uma, das seguintes funções:

. gerenciar o departamento de Recursos Humanos: cadastro de colaboradores e prestadores de serviços, ocorrências da folha de pagamento, benefícios, sindicato;
. cuidar da gestão de recursos: pagamentos, registro do fluxo de caixa e controle dos ingressos e despesas, compras (cotações, licitações), relações com os bancos, suporte à auditoria externa;
. organizar e manter um banco de dados, o arquivo dos documentos e as estatísticas dos resultados da visitação;
. colaborar na preparação dos projetos para obtenção de fundos: redação, orçamentos e acompanhamento (relatórios);
. elaborar as prestações de contas dos projetos e convênios;
. ter um bom conhecimento das línguas portuguesa e inglesa, redigir com independência documentos em português e interpretar corretamente uma página de literatura.

Enviar propostas, currículos e expectativa de remuneração, até o dia 20 de junho para: musa@museudaamazonia.org.br aos cuidados de Cleo/Edital Administração

As atividades administrativas serão realizadas no Musa Jardim Botânico (Av. Margarita s/nº Cidade de Deus, ônibus 676, 448).

As entrevistas serão realizadas a partir do dia 25 de junho no Musa Jardim Botânico.

(*) O Musa é um museu vivo de história natural na floresta (localizado na Reserva Ducke), um jardim botânico, um museu que é também de arqueologia e etnografia, paleontologia e geologia. É uma Associação de direito privado, laica, sem fins lucrativos, administrada por um Conselho de qual fazem parte representantes da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, Museu Goeldi, Associação Comercial do Amazonas (ACA), Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (CIEAM), Conselho de Cultura de Manaus e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), além de representantes eleitos e indicados pelos sócios.