Fotos: Valter Calheiros/Musa

Neste fim de semana a história de um tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus vitellinus) mobilizou a equipe de colaboradores do Museu de Amazônia e o Corpo de Bombeiros. No fim da tarde de sábado (11/8) a ave foi vista por visitantes se debatendo presa na palmeira de açaí no lago das vitórias-régias. O animal ficou preso pelos pés por uma linha de pipa.

A guarnição do Corpo de Bombeiros foi acionada para auxiliar no resgate, mas com a escuridão ele não foi localizado.Na manhã seguinte, domingo Dia dos Pais, a equipe do Corpo de Bombeiros foi novamente acionada para que o resgate fosse feito com segurança e uma escada adequada. O tucano foi retirado do açaizeiro com muita sede. Após se recompor, foi solto nas matas da Reserva Florestal Adolpho Ducke.

A guarnição que realizou o resgate do tucano estava composta pelos bombeiros militares Sgt. Luiz Almeida, Sgt. Rainerio e Sd. R. Pantoja. Todos eles receberam o convite especial para visitar o MUSA acompanhados pelas famílias.